sexta-feira, 19 de março de 2010

Tito Madi

Sempre ouvi meus pais falarem em casa do Tito Madi, primo da vovó Amélia. 
Fui conhecer o trabalho dele, só depois na adolescência, quando realmente comecei a estudar música. Mas sempre o tive como o primo da minha avó,  que morava no Rio e eu não tinha contato. Há alguns anos, mais ou menos em 2005, ele veio a São Paulo em um show no Sesc, e eu fui falar com ele: "Oi, sou neta da Amélia Madi" e foi assim que conheci o Tito pessoalmente...eu não podia ter recepção melhor, me abraçou com muito carinho, contei minha história, e entreguei meu cd pra ele. Uns dias depois, recebo um telefonema, do Rio, era ele, me parabenizando pelo trabalho. Desde então nos falamos sempre, pude passar um tempo com ele em Copacabana, conheci outros primos, pessoas muito bacanas. Nos dias que passei com ele aprendi não apenas sobre  música, mas muito sobre minha família, minha avó, ele contou as histórias de infância deles, sobre a descendência libanesa, enfim foi muito bom ter reunido família! Tito é uma pessoa maravilhosa, muito amoroso. Como compositor e cantor, tem uma obra linda, músicas maravilhosas como Chove Lá fora, Cansei de Ilusões, Não diga não, Balanço Zona Sul e tantas mais.